Como não entrar no SPC e SERASA

Vou dar algumas dicas legais para não entrar no e SERASA, como foi visto nos outros artigos do nosso Blog, é muito simples ficar endividado, mas se seguir as sugestões abaixo que o Brasil publicou em seu site, já é um passo para não entrar em “parafuso”.

  • Crédito rotativo dos cartões de crédito. Os juros são altíssimos.
  • Usar o cheque especial, pois os juros também são altíssimos.
  • Comprar produtos através do Crédito Direto ao Consumidor (CDC). Esse crédito será concedido
    por um banco ou financeira e o custo mensal é sempre muito elevado.
  • As vendas sem juros. Elas não existem, os juros estão embutidos no preço.
  • As despesas escondidas nos financiamentos (taxa de abertura de crédito, IOF etc.). O preço
    final é muito maior do que simplesmente o valor multiplicado pelo número das parcelas
    declaradas.
  • Assumir uma dívida sem olhar cuidadosamente todos os valores envolvidos.
  • “Milagres”: eles não existem no mundo financeiro.
  • A “garantia estendida”. Essa garantia, na verdade, é um seguro. E quando quiser usá-la, você
    terá que se dirigir a uma seguradora, e não à loja onde foi feita a compra ou a uma
    assistência técnica.

Segue também este artigo do nosso Blog, é o mais visitado e tem dicas de como consultar seu CPF.

 

Artigo sobre: